EnglishPortugueseSpanish

Precisa completar o nível do óleo? Misturar lubrificantes pode causar danos ao veículo

O óleo lubrificante é fundamental para o funcionamento correto do motor. Um dos cuidados necessários, além de utilizar um produto que atenda às recomendações da montadora, é verificar com frequência, pelo menos uma vez ao mês, o nível do óleo através da vareta. É importante que o carro esteja com o motor frio e em local plano para que a marcação esteja correta. (se você ainda não leu o artigo Como verificar o nível do óleo lubrificante do motor do carro, clique aqui: http://gtoil.com.br/blog/como-verificar-o-nivel-do-oleo-lubrificante-do-motor-do-carro/).

Dentro dos limites que o fabricante estabelece, é normal haver uma variação no nível do óleo e ser preciso completa-lo. O ideal é utilizar a mesma marca e as mesmas especificações do lubrificante que está no motor.

Quando se completa o nível com um produto diferente, há o risco dos aditivos não serem compatíveis, podendo anular seus benefícios, não lubrificar de forma eficiente e comprometer seriamente o funcionamento do veículo. Os principais problemas que podem surgir da combinação incorreta e, consequentemente, da falta de lubrificação, são corrosão do motor, aumento do consumo de combustível, perda de eficiência do carro e formação de borra.

Caso o veículo esteja utilizando um lubrificante com especificações diferentes do recomendado pela montadora ou haja necessidade de trocar o tipo de produto, é preciso esgotar todo o óleo ‘velho’, substituir o filtro e somente depois colocar o novo até atingir o nível correto apontado na vareta.

Acompanhe o blog GT-OIL para mais conteúdos sobre lubrificação. Não